Notícias

Eventos 26/09/2019 15:43

Governador do RS, Eduardo Leite, fala sobre os desafios do Estado na Tá na Hora de setembro

Em edição especial da Reunião-almoço Tá na Hora, a Associação Comercial de Pelotas recebeu o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Governador do RS, Eduardo Leite, fala sobre os desafios do Estado na Tá na Hora de setembro
Por: ACP

Em edição especial da Reunião-almoço Tá na Hora, a Associação Comercial de Pelotas recebeu o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Devido ao grande público, o evento, que celebra o aniversário de 146 anos da ACP, não foi realizado no salão nobre da entidade, mas no Clube Brilhante. O local estava repleto de associados, autoridades de toda a Região Sul e amigos da ACP, que prestigiaram a palestra “Novas façanhas: desafios e oportunidades para o Rio Grande do Sul e Brasil”.

Na abertura do evento, o presidente da ACP, Mauro Bom, agradeceu a presença do convidado ilustre e relembrou que Leite foi eleito com 90% dos votos em Pelotas. “Há mais de um século o estado não elegia um governador da região Sul e tenho certeza que essa representação será fundamental na descentralização do desenvolvimento do Rio Grande do Sul e na atenção de questões específicas da região”, destacou.

A prefeita municipal de Pelotas, Paula Mascarenhas, prestigiou a reunião-almoço e enfatizou a relevância do evento e da fala do governador. “Estes encontros são importantes para compartilhar, trocar e lembrar quem somos, o que já fizemos e o que somos capazes de enfrentar coletivamente. Como pelotense e como prefeita, quero ouvir o governador para receber uma injeção de ânimo que a sua trajetória sempre nos traz”, afirmou.

Ao iniciar a palestra, Eduardo Leite traçou um panorama sobre a situação financeira do Rio Grande do Sul. Para ele duas agendas são fundamentais para reverter a situação gaúcha: a de responsabilidade fiscal e a de competitividade. Sobre a primeira, salientou que é impossível falar em qualquer investimento sem levantar primeiro a necessidade de um estado com sustentabilidade fiscal. “Quando falo em responsabilidade fiscal parece um capricho de quem tem uma determinada ideologia, mas ela não é um fim em si mesmo, porque um estado fiscalmente sustentável promove justiça social e crescimento econômico”, explicou. Em relação à competitividade, Leite elencou as fortalezas do estado no combate aos problemas. “Somos a quarta maior economia do país; temos os dois melhores parques tecnológicos, a melhor universidade federal e duas das melhores universidades particulares. Então, eu tenho a segurança de que já temos a capacidade de superar os desafios, por isso estamos focados em melhorar a competitividade, logística e reduzir a burocracia”, especificou.

No encerramento, o governador ofereceu a injeção de ânimo que Paula ansiava: “Aqui em Pelotas, eu aprendi que não é sobre resolver todos os problemas, certamente não resolvi e não tenho nenhuma pretensão de ter resolvido todos os problemas da cidade, mas o que a gente fez, nos lugares certos, foi determinante para mudar a percepção do cidadão em relação a sua cidade. Então, não é sobre resolver todos os problemas do Rio Grande do Sul, mas atacar os problemas certos para gerar entusiasmo em relação ao futuro”, encerrou.

A reunião-almoço Tá na Hora tem o patrocínio do BADESUL, BRDE, Sicredi Zona Sul, Faculdade Anhanguera, Grupo Guanabara, MeioEste Ambiental, Macro Atacado Treichel, Unimed Pelotas e Telealarme Brasil.

Veja as fotos do evento: http://bit.ly/2M7UEAQ

Assine nossa newsletter

Carregando